sexta-feira, 21 de setembro de 2012

MEU TESTEMUNHO DE VIDA

Bom estou aqui para contar o testemunho da minha vida
Acredito que ajudará muitas pessoas quando lerem, ouvirem e verem que sou
uma prova viva de que milagres existem.

A sete anos atrás quando eu tinha os meus 14 anos de idade meu cabelo começou a cair
A ponta do meu nariz saiu uma mancha avermelhada, doia, ardia e cossava muito.
Meus pais me levaram no hospital público aqui da cidade onde moro, até ai os médicos sempre me diziam
que não era nada demais que era apenas fungos no coro cabeludo e bla bla bla, passavam remédios e nada
de melhoras.
Até que minha mãe resolveu me levar no hospital das clínicas em São Paulo, passei com um dermatologista
Ele olhou, examinou e deu o diagnóstico.
O que você tem é uma doença chamada LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO.
E logo em seguida me explicou o que era.

Lúpus eritematoso sistêmico


Lúpus é uma doença inflamatória autoimune, desencadeada por um desequilíbrio no sistema imunológico,
exatamente aquele que deveria proteger a pessoa contra o ataque de agentes patogênicos.
Lúpus pode manifestar-se sob a forma cutânea (atinge apenas a pele) ou ser generalizado.
Neste caso, atinge qualquer tecido do corpo e recebe o nome de lúpus eritematoso sistêmico (LES).

Estudos recentes mostram que fatores genéticos e ambientais estão envolvidos no aparecimento das crises lúpicas.
Entre as causas externas, destacam-se a exposição ao sol, o uso de certos medicamentos, alguns vírus e bactérias e o hormônio estrógeno,
o que pode justificar o fato de a doença acometer mais as mulheres em idade fértil do que os homens.

Tratamento

Existem recursos terapêuticos que ajudam a controlar as crises e a evolução da doença.
Os corticóides modernos apresentam menos efeitos colaterais e a
ciclofosfomida, imunossupressor usado nos transplantes, tem-se mostrado eficaz para controlar a formação dos complexos imunes.

Outra conquista importante é a plasmaferese utilizada para eliminar os complexos imunes circulantes e regredir as lesões renais e cerebrais.

Pacientes com lúpus devem evitar a exposição ao sol e usar protetores solares o dia todo;



Mas o médico queria ter certeza e pediu uma biópcia, foi onde deu positivo ao que ele já tinha diagnosticado.
Para mim e para minha família foi um baque, eu tinha apenas 14 anos de idade e não imáginava o que viria pela frente.
O médico então receitou o remédio Diclokin, comecei a tomar e começou a dar dores fortes na barriga, dores de cabeça, nos ossos, nas vistas, pelo fato do remédio ser muito forte.
Eu teria que passar de 6 em 6 meses no oftalmo pois o remédio poderia secar as minhas córnias e eu correr o risco de ficar cega.

Eu sempre ia parar no hospital com dores fortes, e acabava indo no hospital público daqui onde eu moro, pois o hospital das Clínicas era muito longe daqui. Uma vez fiquei com infecção de urina tão forte mas tão forte que me dava até dor nos rins, não aguentava de dor
eu gritava e chorava passei a semana inteira sentindo essa dor,
ia ao hospital eles me davam buscopan na veia, diziam que era pedra nos rins nem me examinavam e me passavam remédio para dor.
Até que teve dois casos que eu pensei que iria morrer, a primeira foi uma dor que apertou de tal forma que eu não conseguia nem respirar, comecei a tremer meu corpo começou a formigar, meu pai me levou as pressas para o pronto socorro
quase tive um ataque pilético, a dor era muito forte (NÃO DESEJO ESSA DOR NEM PARA A PIOR PESSOA DA FACE DA TERRA).
Os enfermeiros me deram buscopan novamente na veia, e pediram exame de urina, foi onde acusou um milhão de bactérias na minha urina, por isso essa dor toda. O médico receitou remédio e mesmo assim não adiantou.
Depois de tanto parar em hospital um médico acertou no remédio e tirou minhas dores e minha infecção, mas infelizmente deu outro problema,
comecei a sentir dor forte na barriga, não conseguia sair do banheiro, eu já era magra
e isso foi a gota d'água para que eu ficasse só pele osso. Pensei novamente que iria morrer, pois eu só ia emagrecendo não conseguia comer, só sentia dor, ia direto no banheiro.
E mesmo desse jeito ruim eu não desistia de ir para igreja, eu tinha fé que seria curada, a Pastora Miriã orou por mim e foi onde tive melhoras.
No mesmo dia comi alguns pedaços de pizza. Foi mto bom.
Com o tempo fui melhorando de tudo, só estava esperando a data da consulta.
Ao voltar nas clínicas os médicos me examinaram novamente, se surpreenderam com a minha melhora, e tiraram o remédio para ver como eu reagiria.
No primeiro mês foi uma maravilha, não sentia nada. Mas no segundo mês começou a cair cabelo novamente, só que veio ainda pior esse problema de saúde.
Tive que ir as pressas para as Clínicas, mas uma médica disse que eu não poderia ser atentida pois não era a data da consulta, foi onde então meus pais resolveram fazer um convênio.
Meus pais ficaram indignados com o atendimento do hospital público, e não aceitaram me ver daquele jeito sofrendo e não poder ser atendida.
A médica do hospital particular me tratava super bem, me examinou, pediu exames
conversou comigo e me explicou que o Lúpus realmente causa dores, problemas de infecção e que podia até gerar outras doenças, e voltou com o remédio.
Pelo motivo dos médicos terem tirado o remédio, surgiu outro problema de saúde chamado Hipotireoidismo, que muitos já devem ter escutado sobre. E com isso mais remédio para tomar.
Eu vivia mais no hospital do que na minha própria casa. Sofria muito, sentia muitas dores, dor de cabeça então nem se fale.
Mesmo passando por tudo isso não desistia de ir adorar ao Senhor, pois ele não tinha culpa nenhuma do que estava acontecendo comigo, e eu tinha certeza que seria curada um dia.
Orava bastante, e sei que muitos me ajudavam também em oração, agradeço a Deus pela vida deles.
Minha mãe por ver meu sofrimento já estava se enfraquecendo, a fé dela já estava fraca, e até desanimada e desacreditada ela estava. Mas eu sempre dizia que eu ia ser curada, que nós não podiamos desistir
que ela teria que me ajudar a caminhar, pois se ela caisse eu ajudaria ela a se levantar e assim vice versa.
Foi onde ela ganhou um pouco de forças e foi comigo para o culto, neste dia, o Pastor Alvino conversou com minha mãe e ela explicou a situação e os motivos de estar tão desanimada e desacreditada.
O Pastor tomou uma posição e me chamou para que ele e o Presbitero Adriano podessem orar por mim, e nesse momento Deus colocou no coração do Presbitero para fazer uma campanha que seria 3 domingos me ugindo e orando por mim e pela minha saúde.
Eu aceitei e cri na minha vitória, tomei posse dela e não a deixei escapar. Fui fiz os exames que a médica pediu para ver como eu estava.
E os três domingos se passaram e chegou o dia tão esperado que era a minha consulta com a médica. Eu já fui orando e declarando a vitória sobre a minha vida e sobre a minha saúde.
Chegando lá a médica abriu os exames, olhou arregalou os olhos e ficou surpresa e me disse NOSSA NATHALIA, está tudo certinho com você tudo regularizado, você não tem mais nada, podemos até suspender o teu remédio.
Naquele momento fiquei sem palavras só sabia chorar, eu e minha mãe na sala emocionada, e a médica falando que estava tudo bem comigo me deu um abraço tão gostoso e me desejou felicidades.
Sai tão feliz daquele consultório não conseguia conter as lágrimas de tanta felicidade, ao ver o meu pai lá fora me esperando, fui correndo, dei um abraço forte e disse que estava curada, nós três então começamos a chorar no estacionamento do hospital.
Esse dia foi muito especial para mim, pois os 7 anos de oração que eu passei sofrendo pedindo e orando foi atendido por Deus.

 E eu sempre orava dizendo para Deus:

Ouve, SENHOR, a minha oração, e inclina os teus ouvidos ao meu clamor; não te cales perante as minhas lágrimas,
porque sou um estrangeiro contigo e peregrino, como todos os meus pais. (SALMOS 39:12).


E Deus me ouviu e me curou.


Salmos 40: 1-5

[Salmo de Davi para o músico-mor] Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.

Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos.

E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no SENHOR.

Bem-aventurado o homem que põe no SENHOR a sua confiança, e que não respeita os soberbos nem os que se desviam para a mentira.

Muitas são, SENHOR meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; se eu os quisera anunciar,
 e deles falar, são mais do que se podem contar.


Hoje para Honra e Glória do Senhor Jesus eu sou uma mulher curada, e uma prova viva que Deus pode sim fazer o impossível, pois a medicina faz o que é possível e Deus o impossível.
Só não podemos deixar de lutar, acreditar e nunca deixar a fé se esfriar, pois a fé é o que move montanhas.
Creia por mais difícil que esteja a situação, passe pelo vale louvando ao Senhor, atravesse esse mar, e lá no final estará a tua benção a tua vitória, tome posse meu irmão. Pois o que Deus separou para você nem mesmo o inimigo pode tirar.

Fiquem na paz de Deus.



Dia 10/09/2012 ( FOI O DIA QUE MARCOU A MINHA VIDA, O DIA DA MINHA VITÓRIA, GLÓRIA DEUS).

11 comentários:

  1. Nossa...Lindo Testemunho flor!!! Esse Deus é maravilhoso! Quando pensamos que é o fim, ele sempre nos surpreende..em tudo que fizermos temos que depositar a nossa fé no senhor pois só ele é capaz de fazer o impossivel e realizar nossos sonhos para nos ver feliz! Também sou um milagre de deus :) um dia com tempo te conto....Fico feliz em ouvir os milagres de deus, e saber que também sou um desses milagres...só me dá mais alegria e vontade de adora-lo até o último dia da minha vida! Fica com deus querida...e que o senhor continue te abençoando muito1 você é iluminada por deus! beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Amém querida Wylliane, obrigada, conte me sim será um prazer sorrir contigo e ouvir o teu testemunho ^^.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VC é uma mulher incrivel, nunca conheci alguem assim como vc, mexeu muito comigo com seu jeito, sua fé e com tanta beleza vc é demais!

      Excluir
  3. Nath, aqui é a vó nete que fala para você. Todos nós oramos por você, todos juntos não tiveram a fé maravilhosa que você teve sempre .. Você é uma benção de Jesus e da nossa família. A vó te ama demais e chora de alegria por ver você, poder desfrutar a sua idade com saúde em Cristo Jesus e na tua fé. Deus abençoe você, seus pais, irmãos, avós e toda sua família que está contigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém vó *-*. Também te amo demais vózona.
      Amém a todos nós.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Amém vc é escolhida de DEUS,
    Parabéns Nathalia e família.
    DEUS seja louvado.

    ResponderExcluir
  6. http://www.youtube.com/watch?v=W1xUwzoKU8U

    ResponderExcluir
  7. É sempre bom ler e reler esse relato. As sensações são várias, mas as maiores q sinto é felicidade por vc ter vencido uma batalha tão dura e tb saber q Deus continua sendo Deus, msm com todos os 'disse-me-disse' a respeito Dele. Vc tb é resultado de mtas orações. É a prova de q a oração do justo, de fato, pode mto em seus efeitos s2

    ResponderExcluir